Páginas

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Cantinho Vegetariano Ensopado de Batata-Doce com Couve (vegana) Abóbora Grelhada com Castanha de Caju e Pimenta-Biquinho Potente gengibre: ele ajuda a emagrecer, retarda o envelhecimento e previne o câncer

Cantinho Vegetariano


Posted: 10 May 2017 02:16 PM PDT
Ensopado de Batata-Doce com Couve (vegana)
Ingredientes

5 batatas-doces (cerca de 1 kg)
2 1/2 xícaras (chá) de água
1 cebola
3 dentes de alho
1/2 colher (sopa) de gengibre ralado
1 colher (sopa) de extrato de tomate
2 colheres (chá) de curry
1 pimenta dedo-de-moça
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
4 folhas de couve
Sal a gosto

Preparo

Descasque e corte as batatas em cubos grandes (cerca de 1,5 cm), transfira para uma tigela e cubra com a água para não escurecer; descasque e pique fino a cebola e o alho; lave, seque e rasgue as folhas de couve com as mãos; lave, seque, descarte as sementes e corte a pimenta-dedo-de-moça em fatias finas (lave as mãos para que não fiquem ardendo).

Leve uma panela ao fogo médio. Quando aquecer, regue com o azeite, adicione a cebola, tempere com uma pitada de sal e refogue por cerca de 5 minutos, até começar a dourar. Acrescente o alho, o extrato de tomate, o curry, a pimenta e o gengibre e mexa por 2 minutos. Junte as batatas com a água, misture para incorporar os sabores do refogado e deixe cozinhar em fogo médio até ferver. Diminua o fogo e deixe cozinhar por mais 30 minutos, até a batata ficar macia.

Transfira uma concha do caldo com pedaços de batata para um prato fundo e amasse com um garfo. Volte o caldo para a panela e deixe cozinhar por mais 2 minutos para engrossar. Desligue o fogo e misture as folhas de couve - elas cozinham com o calor do caldo. Tempere com sal e sirva.

Ensopado de Batata-Doce com Couve (vegana)

Veja a receita em vídeo aqui

Fonte: GNT - Receita de Rita Lobo
Posted: 10 May 2017 06:58 AM PDT
Abóbora Grelhada com Castanha de Caju e Pimenta-Biquinho (vegana)
Ingredientes

1/2 abóbora japonesa (cortada na vertical)
1/3 de xícara (chá) de castanhas-de-caju picadas grosseiramente
Pimenta-biquinho a gosto
Azeite de oliva a gosto
Folhas de salsinha a gosto
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Preparo

Com uma escovinha para legumes, lave bem a casca da abóbora sob água corrente. Com uma colher, raspe e descarte as sementes. Apoie a parte plana da abóbora na tábua e corte em fatias de 1 cm, formando meias-luas. Leve uma grelha (ou frigideira antiaderente) ao fogo médio. Quando estiver bem quente, regue com um pouco de azeite e coloque quantas fatias de abóbora couberem, uma ao lado da outra. Tempere com sal e pimenta-do-reino e deixe dourar por cerca de 2 minutos de cada lado, ou até ficar macia e tostada. Transfira as fatias douradas para uma uma travessa e repita com o restante, sempre regando a grelha com azeite. Sirva a seguir com mais um fio de azeite, as castanhas-de-caju picadas, pimenta-biquinho e folhas de salsinha.
Dica - Não jogue as sementes fora, prepare um petisco incrível.

Abóbora Grelhada com Castanha de Caju e Pimenta-Biquinho (vegana)

Assista o passo a passo em vídeo aqui

Fonte: GNT
Posted: 10 May 2017 06:37 AM PDT
Se você costuma consumi-lo só no quentão ou na culinária japonesa, melhor rever os seus hábitos. Além de ajudar a emagrecer e prevenir o envelhecimento, ele evita o câncer.

Que tal incluir essa planta no seu menu diário? Ao contrário do que muitos imaginam, o gengibre não é uma raiz, mas sim um rizoma (um tubérculo como a batata) com caules retorcidos. Rico em propriedades medicinais, ele é utilizado há mais de 3 mil anos como remédio para diversos males.

"O gengibre é fonte de vitamina B6, cobre, magnésio e potássio. Por ser antioxidante, aumenta a imunidade, previne o câncer e ainda embeleza a pele e o cabelo", afirma a nutróloga Cristiane Coelho. Uma pesquisa do Instituto Hormel, da Universidade de Minnesota (EUA), concluiu que o gingerol – composto que dá sabor picante ao gengibre – retarda o crescimento de tumores no intestino. Essa planta de origem asiática também é antisséptica. Não à toa, é a estrela da culinária japonesa: "Ela é usada para neutralizar o paladar entre dois pratos", explica Cristiane.

Receita de vovó

Chá de gengibre é um ótimo descongestionante quando se está gripado. "Combate as doenças das vias respiratórias e da garganta por seu efeito antisséptico e anti-inflamatório", diz a nutróloga. É por isso que quem usa a voz para trabalhar, como os professores, costuma consumir balas e xaropes de gengibre. Mas os poderes vão além: uma substância chamada cineol (usada em fórmulas fitoterápicas) facilita a digestão e dá fim às náuseas, pois ativa a produção da secreção gástrica. 

Agente detox

Acrescente uma colher (chá) de gengibre ralado em suas refeições diárias e note o número do seu manequim diminuir! "Ele é um alimento termogênico, ou seja, aumenta a temperatura do corpo, mantém o metabolismo acelerado e eleva a queima de gordura", garante Cristiane. Mais: como é rico em antioxidantes, combate os radicais livres e deixa a pele livre de rugas. "Para potencializar o efeito desintoxicante, consuma com alho e cebola."

Use com moderação

O consumo do gengibre tem contraindicação para quem é hipertenso ou tem problemas estomacais, como gastrite e úlcera. "Consulte sempre o seu médico, mesmo que não haja estudos conclusivos sobre o mal que sua acidez pode causar", avisa a especialista.

Do bom e do melhor

Na hora da compra, escolha um gengibre com a pele lisinha – assim você tem a certeza de que ele não está fibroso. Descarte os pedaços enrugados, sem cor e com as pontas mofadas: quando começam a envelhecer, ficam com o gosto mais forte e ardido. Guardado na parte de baixo da geladeira, dentro de um saquinho de papel (como o de pão), o gengibre permanece fresco por várias semanas.

Fonte: M de Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário