Páginas

sábado, 31 de março de 2012

PROJAC (GLOBO), SEMPRE LEMBRARÁ CHICO.

Parte das cinzas de Chico Anysio é jogada no Projac, no Rio

Restante será despejado em Maranguape, sua cidade natal, no Ceará.
Viúva Malga di Paula diz estar realizando um desejo do humorista.

Alba Valéria MendonçaDo G1 RJ
Comente agora
Helicóptero despeja as cinzas de Chico Anysio na Central Globo de Produção (Foto: TV Globo / João Cotta )Helicóptero despeja as cinzas de Chico Anysio na Central Globo de Produção (Foto: TV Globo / João Cotta )
A primeira etapa de um dos últimos desejos de Chico Anysio, que morreu no dia 23 de março, em consequência de uma parada cardiorrespiratória, foi cumprida na tarde deste sábado (31). Após a missa de sétimo dia, celebrada pela manhã, a viúva Malga di Paula e dois filhos do humorista, Nizo Neto e Bruno Mazzeo, jogaram de um helicóptero parte das cinzas do humorista sobre a Central Globo de Produção (Projac), em Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade.
A outra parte das cinzas, segundo Malga, será jogada em Maranguape, no Ceará, cidade natal de Chico, no dia 12 de abril, data em que completaria 81 anos de vida.
Bruno Mazzeo, Malga di Paula e Nizo Neto no heliponto da Central Globo de Produção (Foto: TV Globo / Alex Carvalho)Bruno Mazzeo, Malga di Paula e Nizo Neto no
heliponto da CGP (Foto: TV Globo / Alex Carvalho)
"Ele dizia que esse eram os dois lugares onde ele foi mais feliz ao longo dos anos da vida dele. A outra parte das cinzas vai para Maranguape. Oitenta e um anos depois, Chico vai voltar à terra natal", disse a viúva.
Missa de sétimo dia
A missa de sétimo dia do humorista começou pouco depois das 11h deste sábado. A cerimônia, reservada a amigos e parentes, foi celebrada na Igreja de São Francisco de Assis, no Rio Comprido, Zona Norte.
Malga chegou à igreja levando às mãos a urna com as cinzas de Chico. Compareceram ainda os filhos do humorista e amigos como Marília Pera, Tássia Camargo, Glória Perez, Elymar Santos, Castrinho, Alcione Mazzeo, Milton Gonçalves.

MAIS UM ABSURDO DA CORRUPÇÃO NESTE PAÍS.

Produtores rurais poderão perder o direito de defesa e suas terras
Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que põe diretamente em risco a propriedade de imóveis rurais no País

Trata-se do PL 1557/07 (íntegra), em iminência de entrar em pauta de votação e que tem por objetivo regulamentar a expropriação de glebas onde houver milícias armadas, definidas na própria proposta como “toda associação, organização ou reunião de pessoas armadas, de qualquer forma, paramilitar ou não, inclusive oriunda de empresas de segurança, independente da finalidade ou objetivo”.
Sem esforço, nota-se que o projeto – verdadeiramente absurdo – deixa completamente desprovidas de segurança as propriedades rurais, pois que sequer empresas especializadas serão admitidas para sua preservação. E além de impedir que proprietários rurais defendam suas terras, o PL ainda prevê a expropriação “sem qualquer indenização aos proprietários e sem prejuízo de outras sanções previstas em lei”, violando o constitucionalmente consagrado direito à propriedade privada.
A proposta, mais uma vez, demonstra que ninguém está a salvo da horda desarmamentista, que inverte de forma assustadora os valores de nossa sociedade, rasga nossa constituição e tripudia do nosso ordenamento jurídico. 
A autoria do PL é do Deputado Ivan Valente, conhecido defensor do MST. O relator será o deputado Enio Bacci, ao qual enviaremos, nos próximos dias, farto material para que ele peça a imediata rejeição da proposta.
Fonte: Consumidor RS
Autor: Movimento Viva Brasil
Revisão e Edição: Redação

Cédulas, já era!

 Suécia está abolindo as cédulas de dinheiro
Com a utilização mais recorrente de transações eletrônicas, assaltos às agências bancárias têm diminuído. Foram registrados apenas 16 roubos em 2011.
(Fonte da imagem: Reprodução/The Central Bank of Sweden)
Conforme matéria da Associated Press, a Suécia está abolindo aos poucos o uso de cédulas de dinheiro. De acordo com a publicação, o país foi a primeira nação europeia a introduzir notas como moeda corrente em 1661. Agora, os suecos querem ser pioneiros também na adoção de métodos de pagamentos online.
Na maioria das cidades suecas, os transportes públicos não aceitam mais dinheiro. As passagens são pré-pagas ou adquiridas por meio de mensagens de textos enviadas pelo celular. Uma pequena parcela das empresas, que está em crescimento acelerado, só aceita pagamentos efetuados com cartões de débito e crédito.
Além disso, até mesmo algumas agências bancárias pararam de lidar com notas, focando seus serviços apenas em transações eletrônicas. Qual o resultado desse “boicote” às cédulas? O número de assaltos aos bancos da Suécia caiu de 110 em 2008 para 16 durante o ano de 2011. Os roubos aos serviços de transportes de valores também apresentaram uma redução considerável.

Fonte: Tecmundo.com.br
Autor: Fernando Daquino
Revisão e Edição: de responsabilidade da fonte

sexta-feira, 30 de março de 2012

quinta-feira, 29 de março de 2012

SEMPRE ATUAIS DO MILLÔR.

Qual a diferença entre um político e uma galinha! É que a galinha cacareja e bota ovo, e o político só cacareja.
                                                                                                                                    Millôr Fernandes.

A cultura brasileira está de luto.

                                 MILLÔR FERNANDES


                                                          16/08/1923       27/03/2012

NOVO MEDIDOR DE CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA.

Edição do dia 29/03/2012
29/03/2012 13h13 - Atualizado em 29/03/2012 15h23

Companhias de energia terão novo medidor de luz em 18 estados do país

Com o novo aparelho, quem gastar mais energia no horário de pico vai pagar mais. O medidor manda as informações direto para a empresa.

Cristina GraemlCuritiba
Até o fim de 2012, moradores de 18 estados brasileiros receberão um novo tipo de relógio de luz. Com esses medidores, quem gastar mais energia no horário de pico vai pagar mais. Em compensação, quem planejar o consumo, deve economizar na conta.
Com o novo aparelho, as companhias de energia não devem mais enviar um funcionário todo mês para fazer a leitura do relógio de luz, em cada casa. O novo medidor vai enviar direto para a empresa - pela rede elétrica - não só informações sobre o consumo, mas também sobre oscilações e falta de luz.
Acompanhe o Jornal Hoje também pelo twitter e pelo facebook.
A cobrança de tarifas mais altas para os horários de maior consumo também é outra funcionalidade do novo aparelho. Cada concessionária vai definir esse período, que deve ter no máximo três horas. O da Eletropaulo, em São Paulo, por exemplo, vai ser das 17h30 às 20h30. Uma hora antes e uma hora depois do período de pico, a tarifa cobrada terá um valor intermediário. No resto do dia, a energia fica mais bem barata.
Os consumidores que receberem o medidor digital poderão escolher se querem ou não aderir à tarifa diferenciada. Quem tiver o novo medidor instalado em casa vai receber também um aparelhinho, que pode ser ligado em qualquer tomada. Com ele, é possível saber em tempo real como está o consumo e calcular antes do fim do mês de quanto será a conta de luz.
As pessoas também podem estabelecer um valor máximo para o consumo de energia no mês. Se os gastos estiverem muito altos, o aparelho avisa.
Os estados que receberão o novo relógio de luz são São Paulo, Paraná, Tocantins, Pará, Santa Catarina, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Sergipe, Espírito Santo, Paraíba, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Rio Grande do Norte.
JORNAL HOJE (REDE GLOBO)

SALVEM OS RINOCERONTES DA EXTINÇÃO.

Caros amigos, 


Os rinocerontes estão prestes a ser extintos por causa da caça predatória, impulsionada pela demanda crescente por chifres vinda da Ásia. Mas a União Europeia pode pressionar a China e o Vietnã e forçar uma ação internacional para salvar o rinoceronte. Assine a nossa petição hoje para garantir que a UE tome medidas! 

Assine a petição
Os rinocerontes estão prestes a ser extintos por causa da caça predatória e podem desaparecer para sempre a menos que façamos algo agora. Novas estatísticas chocantes mostram que 440 rinocerontes foram brutalmente mortos no ano passado somente na África do Sul – um aumento explosivo em comparação a cinco anos atrás, quando apenas 13 rinocerontes tiveram seus chifres decepados. As nações europeias podem conduzir o mundo a um novo plano para salvar essas criaturas incríveis, mas primeiro eles precisam nos ouvir!

Por trás dessa devastação está um aumento enorme na demanda de chifres de rinocerontes, utilizados por charlatões com pacientes de câncer, remédios falsos para ressaca e como amuletos na China e no Vietnã. Protestos na África do Sul foram ignorados até agora pelas autoridades, mas a Europa tem o poder de mudar isso, exigindo a proibição total do comércio de rinoceronte – de qualquer lugar, para qualquer lugar – quando os países se reunirem no próximo encontro internacional decisivo em julho.

A situação é tão terrível que a ameaça chegou até mesmo aos zoológicos britânicos que estão no alerta vermelho por conta das gangues assassinas de rinocerontes! Vamos criar um protesto gigante e exigir que a Europa pressione por novas medidas de proteção para impedir que os rinocerontes sejam extintos. Quando chegarmos a 100.000 assinaturas, o nosso apelo será entregue em Bruxelas, o coração da tomada de decisão da Europa, com uma manada de rinocerontes de papelão. A cada 50.000 assinaturas colocaremos um rinoceronte de papelão – levando o tamanho do nosso movimento até a porta dos delegados da UE, enquanto eles se posicionam. Assine a petição abaixo e em seguida encaminhe este email para todos:

http://www.avaaz.org/po/save_rhinos/?vl 

Um rinoceronte foi morto por dia na África do Sul desde janeiro deste ano, onde vivem 80% dos rinocerontes remanescentes do mundo. Os chifres agora têm um valor de mercado de mais de US$ 65.000 por quilo – mais caro do que ouro ou platina. O ministro sul-africano do Meio Ambiente se comprometeu a tomar medidas, colocando 150 guardas extras e até uma cerca elétrica ao longo da fronteira com Moçambique para tentar conter os ataques. Mas a escala da ameaça é tão grave que uma ação global é necessária.

A menos que façamos algo hoje, podemos perder esta magnífica e antiga espécie animal permanentemente. Os chineses estão fazendo lobby para facilitar o comércio de chifre e a proibição do comércio de rinocerontes vai bloquear a ação deles. Com a liderança da UE, podemos levar esses bandidos internacionais à justiça, colocar os caçadores larápios na prisão e promover programas de conscientização pública nos principais países asiáticos – e acabar com esse show de horror pelos chifres para sempre.

Nas próximas semanas, a UE definirá sua agenda para o grande encontro mundial que acontece dentro de poucos meses. Será a nossa melhor chance de virar a maré contra essa matança. Sabemos que os rinocerontes estarão em sua agenda, mas apenas nossa pressão pode garantir que eles discutam o problema em sua essência. Vamos criar um protesto gigante e fazer uma ação de forma espetacular. Assine agora e juntos poderemos impedir o abate de rinocerontes em toda a África:

http://www.avaaz.org/po/save_rhinos/?vl 

Em 2010, as ações da Avaaz ajudaram a impedir a explosão do comércio de marfim de elefante. Em 2012, podemos fazer o mesmo pelos rinocerontes. Quando agimos juntos, podemos mudar o mundo – o ano passado foi o pior ano de todos para o rinoceronte, mas este pode ser o ano em que nós ganharemos esta causa.

Com esperança, 

Iain, Sam, Maria Paz, Emma, Ricken e toda a equipe da Avaaz 

Mais informações: 

Demanda asiática faz caça de rinoceronte bater recorde na África (O Estado de S. Paulo)
http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,demanda-asiatica-faz-caca-de-rinoceronte-bater-recorde-na-africa,816778,0.htm 

Apreensão recorde de chifres de rinoceronte em Hong Kong (O Globo)
http://oglobo.globo.com/ciencia/apreensao-recorde-de-chifres-de-rinoceronte-em-hong-kong-3243916#ixzz1px5UqTyl 

Poucos rinocerontes sobrevivem fora de áreas protegidas (WWF) (em inglês)
ttp://www.worldwildlife.org/species/finder/rhinoceros/rhinos.html 

Rumor de cura de câncer mata rinocerontes no Vietnam (The Guardian) (em inglês)
http://www.guardian.co.uk/environment/2011/nov/25/cure-cancer-rhino-horn-vietnam 

Zoo inglês em alerta por conta da caça ilegal de rinocerontes (International Business Times) (em inglês)
http://www.ibtimes.co.uk/articles/289792/20120130/british-zoos-uk-alert-rhino-poaching-hits.htm 


Apoie a comunidade da Avaaz!
Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas:Dona Agora

O Brasil caminhando para o buraco.

Déficit da previdência sobe 47,1% em um ano; inflação do aluguel também avança

A Previdência Social registrou déficit de R$ 5,143 bilhões em fevereiro. O valor é 47,1% maior que o apurado no mesmo período do ano passado, quando o déficit chegou a R$ 3,497 bilhões. Enquanto isso, o indicador que mede a inflação do aluguel avançou neste mês: o Índice Geral de Preços - Mercado ficou em 0,43% em março. No mês passado, havia registrado deflação de 0,06%. Em 12 meses, o índice tem alta de 3,23%. O resultado acumulado do IGP-M, é apurado pela Fundação Getulio Vargas.
Ouça a reportagem

quarta-feira, 28 de março de 2012

NÃO COMPRE PRODUTO CHINES.

Crise abre caminho para investimento chinês recorde na Europa

Atualizado em  28 de março, 2012 - 05:43 (Brasília) 08:43 GMT
Châteaux Grand Moueys (Foto: divulgação)
Investidores chineses estão multiplicando aquisições de vinhedos em Bordeaux
Os investimentos chineses na Europa foram multiplicados por sete desde o início da crise financeira mundial, em 2008, e vêm se acelerando nos últimos meses, após o agravamento da crise na zona do euro, segundo dados de organizações internacionais.
Os chineses vêm acelerando seus investimentos no Velho Mundo nos últimos anos em setores variados. Já adquiriram ou compraram participação, por exemplo, em vinhedos na França, companhia de energia em Portugal, fábrica de máquinas na Alemanha e montadoras de veículos na Suécia e Grã-Bretanha. O perfil variado, incluindo indústrias de alta tecnologia, contrasta com a forte concentração de investimentos chineses no Brasil, bem como na América Latina, em setores como mineração, petróleo e gás.
De acordo com a Unctad (Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento), o volume de recursos chineses investidos na Europa, em fusões ou aquisições de empresas, além da compra de participações acionárias, foi de US$ 876 milhões em 2008. Em 2010, últimos dados disponíveis na Unctad, o montante foi de US$ 6,76 bilhões.
Apesar de expressivos, os números da Unctad são apenas um dos indicadores da tendência de avanço dos investimentos chineses na Europa.
"Esses números estão subestimados, porque se referem somente à China continental, e não incluem Hong Kong", disse à BBC Brasil Guoyong Liang, do escritório de assuntos econômicos da Unctad.
Hong Kong é uma importante plataforma para investimentos chineses no exterior, mas o governo chinês não divulga o destino, por país, dos investimentos provenientes da região administrativa especial da China.
A entidade americana Heritage Foundation tenta superar esse obstáculo na obtenção dos dados acompanhando os investimentos no momento em que são anunciados e confirmados. Segundo a entidade, em 2011, os investimentos em 13 países europeus teriam atingido cerca de US$ 15 bilhões.
Aceleração
Inúmeros anúncios de aquisições de empresas (ou também de participação no capital de companhias europeias) por investidores chineses têm sido feitos nos últimos meses.
Um dos negócios mais comentados, em razão do montante, ocorreu no final de dezembro: a China Três Gargantas comprou, por US$ 2,7 bilhões, a fatia de 21,35% que o governo português detinha na Energia de Portugal (EDP), afastando da disputa o grupo alemão e.ON e as brasileiras Eletrobras e Cemig.
A recente compra em Portugal é exemplo de uma tendência observada pela Heritage Foundation de aceleração de investimentos em países fortemente afetados pela crise na zona do euro.
A China, segundo a Heritage Foundation, não havia investido nada na Espanha entre 2005 e 2008, por exemplo. De 2009 até 2011, o fluxo de capitais chineses para o país atingiu US$ 1,5 bilhão.
A situação em Portugal é mais emblemática. Ainda de acordo com a Heritage Foundation, a China não teria investido nada no país entre 2005 e 2010.
Apenas em 2011, quando Portugal entrou no olho do furacão da crise das dívidas soberanas, o fluxo de investimentos chineses para o país atingiu US$ 3,5 bilhões.
"Após o início da crise, em 2008, houve um grande aumento dos investimentos chineses na Europa. Mais recentemente, a crise na zona do euro passou a representar uma oportunidade para comprar ativos mais baratos", afirma Liang, da Unctad.
Desfile da marca de prêt-à-porter de luxo Sonia Rykiel
Fung Brands, de Hong Kong, comprou 80% do capital da marca de prêt-à-porter Sonia Rykiel
Ele diz que a maior parte dos negócios na Europa começou a ocorrer desde meados do ano passado.
Na Alemanha, um dos países que mais receberam investimentos chineses em 2009 e 2010, o interesse é pela indústria mecânica, que produz maquinário de alta tecnologia com reputação mundial, diz o economista da Unctad.
Segundo ele, os investimentos chineses também são significativos na Grã-Bretanha porque o país reúne sedes de várias empresas importantes do setor de energia e também bancário.
As empresas chinesas também têm investido em infra-estrutura na Europa, com concessões para operar nos portos dos Pireus, em Atenas, e de Nápoles, na Itália.
Montadoras europeias, como a britânica Rover (que estava em concordata em 2005) ou ainda a sueca Volvo, em 2010, também foram compradas por grupos chineses, que tentaram ainda adquirir no ano passado a sueca Saab. Mas a operação foi vetada pela General Motors, proprietária da marca sueca de automóveis, que acabou pedindo concordata em dezembro.
Na França, além de setores como o da energia, as companhias chinesas têm investido em segmentos ligados à imagem da França no exterior: marcas de moda de luxo e vinhos.
A grife Cerruti foi adquirida por chineses em 2010 e, em fevereiro passado, foi a vez do fundo Fung Brands, de Hong Kong, comprar 80% do capital da marca de prêt-à-porter de luxo Sonia Rykiel.
Investidores chineses também estão multiplicando as aquisições de vinhedos em Bordeaux com o objetivo de exportar para a China, que se tornou o primeiro importador mundial de vinhos dessa região francesa
Enquanto nós brasileiros damos dinheiro para a China, comprando lixo eletrônico e mecânico de péssima qualidade, eles estão dominando o mundo. Não compre nada chines, nem as marcas brasileira que fecharam suas fábricas aqui para darem emprego para eles. VERIFIQUE A PROCEDÊNCIA, SE FOR CHINES NÃO COMPRE, PARA  A NOVA GERAÇÃO (NOSSOS FILHOS) TEREM  EMPREGOS, E O NOSSO BRASIL PROGREDIR. VOCÊ QUANDO COMPRA UM BEM DURÁVEL, QUER QUALIDADE, MAS ISSO O PRODUTO CHINES NÃO TEM.