Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Uma reforma jabuticaba - CBN

Uma reforma jabuticaba - CBN

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

VAMOS APERTAR ESSE GOVERNO, CASO CONTRÁRIO IREMOS PARA O BURACO

Queridos amigos do Brasil, 



A Ficha Limpa faz um ano hoje-- mas seu destino ainda está ameaçado. O Supremo Tribunal Federal pode vota-la inconstitucional e os Ministros estão divididos. Entretanto, a Presidente Dilma está para escolher o 11 Minsitro que dará o voto final. Vamos fazer história transformando esse primeiro aniversário numa vitória finalpara varrer a corrupção para fora do Brasil. Clique abaixo para nos ajudar a entregar as 250.000 assinaturas para salvar a Ficha Limpa e encaminhe essa mensagem para todos: 

Sign the petition
Hoje a Ficha Limpa faz um ano, entretanto nossa grande vitória contra a corrupção pode ainda perder a grande batalha, a não ser que a Presidente Dilma a salve. 

O Supremo Tribunal Federal está para decidir se a Ficha Limpa será legal e efetiva para 2012 ou não, mas o STF está dividido e sob a pressão de poderosos interesses daqueles que querem destruir a lei. A Presidente Dilma deve indicar um novo Ministro que irá salvar ou destruir a Ficha Limpa para sempre. Nós temos brigado e vencido cada luta em relação a Ficha Limpa. Vamos nos juntar mais uma vez e pedir para Dilma que escolha um Ministro comprometido a varrer a corrupção do país. 

A Ficha Limpa está na corda bamba. Vamos juntos, mais uma vez, ter a certeza de que são as pessoas, e não políticos corruptos, que determinam o futuro do nosso sistema político. Mais de 154.000 de nós já assinaram a petição pedindo à Dilma para escolher um Ministro anti corrupção para o STF. Vamos urgentemente alcançar 250.000 antes de entregarmos essa petição ao escritório da Dilma - clique para se juntar e encaminhar esse e-mail para todos: 

http://www.avaaz.org/po/rescue_ficha_limpa/?vl 

No início desse mês nós entregamos aos conselheiros de Dilma uma poderosa petição com 150.000 assinaturas pedindo um Ministro anti corrupção.Logo depois do nosso encontro, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Ministro Gilberto Carvalho, disse: “Eu vou agora mesmo lá embaixo falar com a Presidente sobre essas assinaturas”. E o Ministro Jorge Hage nos assegurou que levaria nossas vozes e esperanças diretamente à Presidente. 

O Procurador Geral e outros juristas afirmam que a lei anti corrupção é totalmente constitucional. Entretanto, a legalidade da Ficha Limpa tem sido questionada e o Supremo Tribunal Federal está para tomar uma decisão final nos próximo dias, assim que a Presidente substituir a Ministra Ellen Gracie que se aposentou e era uma apoiadora da Ficha Limpa. Com o STF dividido, essa escolha é crucial. Existem rumores de que há um lobby pesado de políticos “sujos” tentando acabar com a lei por meio de um Ministro anti Ficha Limpa. Vamos sobrecarregar o lobby deles com as nossas vozes pedindo por justiça. 

Hoje, estamos celebrando o primeiro aniversário da Ficha Limpa. Vamos fazer tudo que pudermos para transformar esse momento de esperança numa vitória final na nossa luta para derrotar a corrupção e limpar a nossa democracia. Participe agora e diga a Dilma para tomar a decisão certa: 

http://www.avaaz.org/po/rescue_ficha_limpa/?vl 

Quando todos disseram que isso seria impossível, juntos, nosso poder derrotou os esforços de políticos corruptos que tentaram impedir a aprovação da Ficha Limpa no Congresso. A cada passo desse processo, nosso movimento tem respondido com paixão, criatividade, tática e pressão popular -- vamos superar essa etapa final e construir um sistema justo e limpo que proteja nossos direitos e legitime nossas aspirações por uma forte democracia no Brazil. 

Com esperança e determinação, 

Luis, Diego, Caroline, Morgan, Alice, Ricken and the rest of the Avaaz team 

Mais informações: 

Aniversário da Lei da Ficha Limpa será comemorado na Câmara (Agência Câmara)
http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/POLITICA/203298-ANIVERSARIO-DA-LEI-DA-FICHA-LIMPA-SERA-COMEMORADO-NA-CAMARA.html 

STF decidirá sobre Ficha Limpa em outubro; expectativa é que lei possa ser aplicada em 2012 (O Globo)
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/09/24/stf-decidira-sobre-ficha-limpa-em-outubro-expectativa-que-lei-possa-ser-aplicada-em-2012-925436018.asp 

Supremo põe lei da Ficha Limpa na corda bamba (Estadão)
http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,supremo-poe-lei-da-ficha-limpa-na-corda-bamba,765367,0.htm 

Ficha Limpa nas eleições de 2012 ainda é dúvida (Portal R7)
http://noticias.r7.com/brasil/noticias/ficha-limpa-nas-eleicoes-de-2012-ainda-e-duvida-20120923.html 

Procurador-geral defende constitucionalidade da Ficha Limpa (Folha de S. Paulo)
http://www1.folha.uol.com.br/poder/965963-procurador-geral-defende-constitucionalidade-da-ficha-limpa.shtml 


Apoie a comunidade da Avaaz!
Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas:Dona Agora
http://www.greenpeace-comunicacao.org.br/email/cyberativismo/ciber_29-09-2011.html 

Filie-se
Pare Angra 3
Olá, ciberativista
Todas as empresas petrolíferas que receberam as cartas do Greenpeace com o pedido de moratória na exploração de gás e petróleo na região dos Abrolhos mencionaram em suas respostas que vão operar seus blocos dentro dos mais altos padrões de segurança. O Greenpeace agora está na cola dessas empresas para saber: quais são as especificações desses planos de segurança – se é que eles existem?
Enquanto isso, nossa petição on-line em favor da moratória continua no ar. Assine ela aqui. Dê uma forcinha para as baleias e tantos outros animais marinhos que fazem de Abrolhos uma jóia mundial da biodiversidade, para deixá-los livres da ameaça do petróleo. E aproveite, se for possível, para dar uma força também para as nossas florestas, ameaçadas pelo trator ruralista que, no Congresso, tenta desfigurar o nosso Código Florestal. 

O Greenpeace está nas ruas, engrossando o coro contra o texto do projeto de lei que, se aprovado, dará carta branca aos desmatadores das florestas brasileiras. Em Belo Horizonte, Recife e São Paulo, os ativistas estenderam faixas com a mensagem "Desliga essa motosserra" convidando a população para conhecer mais sobre o assunto e participar do movimento.
Entre no site do Greenpeace e descubra como você pode ajudar a perpetuar a fauna marinha de Abrolhos e as florestas brasileirasDivulgue a mobilização do Greenpeace nas suas redes sociais.
Obrigada,

Leandra Gonçalves
Coordenadora de campanhas
Greenpeace

segunda-feira, 26 de setembro de 2011


DESABAFO

bem elaborado......................

"Na fila do supermercado o caixa diz a uma senhora idosa que deveria
trazer suas próprias sacolas para as compras, uma vez que sacos de
plástico não eram amigáveis ao meio ambiente.
A senhora pediu desculpas e disse: “Não havia essa onda verde no meu tempo.”

O empregado respondeu: "Esse é exatamente o nosso problema hoje, minha
senhora. Sua geração não se preocupou o suficiente com  nosso meio
ambiente. "

"Você está certo", responde a velha senhora, nossa geração não se
preocupou adequadamente com o meio ambiente.

Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e
cerveja eram devolvidos à loja. A loja mandava de volta para a
fábrica, onde eram lavadas e esterilizadas antes de cada reuso, e
eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas
outras vezes.

Realmente não nos preocupamos com o meio ambiente no nosso tempo.
Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos
escritórios. Caminhamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro
de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois
quarteirões.

Mas você está certo. Nós não nos preocupávamos com o meio ambiente.
Até então, as fraldas de bebês eram lavadas, porque não havia fraldas
descartáveis. Roupas secas: a secagem era feita por nós mesmos, não
nestas máquinas bamboleantes de 220 volts. A energia solar e eólica é
que realmente secavam nossas roupas. Os meninos pequenos usavam as
roupas que tinham sido de seus irmãos mais velhos, e não roupas sempre
novas.

Mas é verdade: não havia preocupação com o meio ambiente, naqueles
dias. Naquela época só tínhamos somente uma TV ou rádio em casa, e não
uma TV em cada quarto. E a TV tinha uma tela do tamanho de um lenço,
não um telão do tamanho de um estádio; que depois será descartado
como?

Na cozinha, tínhamos que bater tudo com as mãos porque não havia
máquinas elétricas, que fazem tudo por nós. Quando embalávamos algo um
pouco frágil para o correio, usamos jornal amassado para protegê-lo,
não plastico bolha ou pellets de plástico que duram cinco séculos para
começar a degradar.

Naqueles tempos não se usava um motor a gasolina apenas para cortar a
grama, era utilizado um cortador de grama que exigia músculos. O
exercício era extraordinário, e não precisava ir a uma academia e usar
esteiras que também funcionam a eletricidade.

Mas você tem razão: não havia naquela época preocupação com o meio
ambiente. Bebíamos diretamente da fonte, quando estávamos com sede, em
vez de usar copos plásticos e garrafas pet que agora lotam os oceanos.
Canetas: recarregávamos com tinta umas tantas vezes ao invés de
comprar uma outra. Abandonamos as navalhas, ao invés de jogar fora
todos os aparelhos 'descartáveis' e poluentes só porque a lámina ficou
sem corte.

Na verdade, tivemos uma onda verde naquela época. Naqueles dias, as
pessoas tomavam o bonde ou de ônibus e os meninos iam em suas
bicicletas ou a pé para a escola, ao invés de usar a mãe como um
serviço de táxi 24 horas. Tínhamos só  uma tomada em cada quarto, e
não um quadro de tomadas em cada parede para alimentar uma dúzia de
aparelhos. E nós não precisávamos de um GPS para receber sinais de
satélites a milhas de distância no espaço, só para encontrar a
pizzaria mais próxima.

Então, não é risível que a atual geração fale tanto em meio ambiente,
mas não quer abrir mão de nada e não pensa em viver um pouco como na
minha época?



(Agora que você já leu o desabafo, envie para os seus amigos que têm
mais de 50 anos de idade,

Mais um buraco negro para Dilma investigar - CBN

Mais um buraco negro para Dilma investigar - CBN

domingo, 25 de setembro de 2011

E A CORRUPÇÃO CONTINUA


Por IURI DANTAS, MARTA SALOMON / BRASÍLIA, estadao.com.br, Atualizado: 25/9/2011 3:07

Ministro do Trabalho abriga cúpula do PDT e turbina central aliada com verba

No comando do rateio de recursos milionários do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, abrigou parte da cúpula do seu partido, o PDT, na pasta e encontrou brecha para turbinar centrais sindicais, impedidas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) de receber dinheiro público por causa de irregularidades no passado. Só neste ano, entidades vinculadas a centrais já receberam R$ 11 milhões.
O ministro mantém dez integrantes da Executiva do PDT em postos de comando do ministério e um outro personagem da cúpula partidária na Fundacentro, instituição ligada à pasta. O tesoureiro do partido, Marcelo Panella, foi chefe de gabinete de Lupi até o início do mês passado, auge da faxina ministerial, quando deixou o cargo a pretexto de cuidar de negócios pessoais.
'Todos são filiados ao PDT, o que pesou, sim, para suas nomeações', disse o ministro ao Estado, confirmando a lista de correligionários que nomeou. 'Reitero que todos os seus cargos são de livre provimento', completou. No jargão burocrático, isso significa que Lupi considera caber a ele preencher os cargos da forma que entender melhor.
Panella e Lupi são amigos há 25 anos, segundo o próprio ministro. Os dois chegaram a ser sócios no Rio de Janeiro, no Auto Posto São Domingos e São Paulo, mas a falta de alvarás não permitiu o funcionamento do negócio.
Sucessor de Leonel Brizola na presidência do PDT, Lupi chegou ao bloco F da Esplanada dos Ministérios em 2007, após perder a disputa para governar o Rio e ter apoiado a reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva. Ele tirou licença do comando do PDT para assumir o ministério, mas continuou mandando na legenda, numa confusão de fronteiras entre o cargo no governo e a militância partidária.
Loteamento. O critério político-partidário pesou na escolha de alguns dos principais cargos do ministério. Além de Lupi, o secretário executivo da pasta, Paulo Roberto Santos Pinto, também é integrante da Executiva Nacional. Da mesma forma, comandam o partido quatro assessores diretos do ministro: o secretário de Políticas para o Emprego, Carlo Roberto Simi, e a diretora de Qualificação, Ana Paula da Silva.
Completam a lista dois coordenadores-gerais: o responsável por Estudos, Anderson Brito Pereira, e Rafael Oliveira Galvão, que cuida de empreendedorismo juvenil. A Fundacentro, instituição de pesquisa sobre segurança do Trabalho, vinculada ao ministério, também é comandada por um membro da Executiva do PDT, Eduardo de Azeredo Costa. Neste ano, a Fundacentro recebeu R$ 45,7 milhões.
O Estado apurou que Panella tinha ascendência sobre os demais pedetistas. A maioria dos secretários ia ao seu gabinete despachar. Isso significa que a proximidade com Lupi se impunha à hierarquia do ministério.
Manobra. No ano em que assumiu o ministério, Lupi abriu caminho para o repasse de verbas do FAT a centrais sindicais, por meio de convênios com sindicatos ligados às centrais, proibidas pelo TCU de receber dinheiro público por fraudes e irregularidades na prestação de contas. A justificativa foi 'a necessidade de novos parceiros' para cuidar da intermediação de emprego nas cidades de São Paulo e do Rio.
Com a medida adotada Lupi, a Força Sindical tomou a liderança do repasse de verbas para agências de emprego. O convênio em curso com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos soma R$ 46,4 milhões. A confederação é comandada por Monica de Oliveira Lourenço Veloso, que também é diretora da Força. A central sindical é presidida por Paulo Pereira da Silva (SP), deputado federal pelo PDT e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo.
A brecha aberta em dezembro de 2007 também resultou na contratação de entidade que atende pelo nome de Sindicato dos Oficiais Alfaiates, Costureiras e Trabalhadores nas Indústrias de Confecção de Roupas e de Chapéus de Senhoras do Rio de Janeiro. A entidade usou parte do convênio de R$ 6 milhões para reformar e mobiliar sua sede, reativando um Centro de Atendimento ao Trabalhador, no bairro de São Cristóvão.
O sindicato é filiado à União Geral dos Trabalhadores (UGT). 'Isso dá visibilidade às centrais', disse o deputado Roberto Santiago (PV-SP), vice-presidente da UGT, que intermediou o convênio. 'Fiquei intercedendo junto ao Lupi, deu trabalho', contou.
Lupi alegou que a escolha das entidades obedeceu a um 'edital de chamada pública de parceria' com ampla divulgação no Diário Oficial.

PARABÉNS AO MINISTÉRIO PÚBLICO DE SÃO PAULO

No início de 2010 foi lançada em São Paulo, com apoio dos meios de comunicação, a campanha pela criação da primeira Promotoria de Defesa Animal do país. Inspirados na tese do Promotor de Justiça LAERTE FERNANDO LEVAI, publicada três anos antes. Logo foram reunidas milhares de assinaturas de cidadãos. No dia 27 de julho último foi criado o GECAP - GRUPO DE COMBATE AOS CRIMES AMBIENTAIS E PARCELAMENTO DO SOLO URBANO, que engloba inclusive a defesa dos animais (silvestres e domésticos). Parabéns.


Que sirva de lição para o deputado Edson Portilho do Rio Grande do Sul que aprovou uma lei que permite maus tratos aos animais para macumba e outras crenças. ( porquê esse safado não põe os próprios filhos para sacrifício? )  Ele não nasceu, foi defecado pelo demônio .

sábado, 24 de setembro de 2011

SERÁ QUE DESSA VEZ SAI CADEIA, OU MAIS UMA PIZZA.


Por FAUSTO MACEDO, estadao.com.br, Atualizado: 24/9/2011 3:06

Justiça Federal abre ação criminal contra Edir Macedo

A Justiça Federal em São Paulo abriu ação criminal contra o bispo Edir Macedo, líder mundial da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), por lavagem de dinheiro, evasão de divisas e formação de quadrilha. Além de Macedo, serão processados outros três dirigentes da igreja - a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa, o bispo e ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva e o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição. A Justiça decretou sigilo dos documentos do processo.
A Procuradoria da República, ao apresentar denúncia contra Macedo e seus aliados, pretendia também processá-los por outros dois crimes, estelionato e falsidade ideológica. Mas a Justiça rejeitou essa parte da acusação. A procuradoria vai recorrer porque está convencida de que a conduta dos bispos da Universal se enquadra na forma de organização criminosa, conforme previsto na Convenção de Palermo, ratificada pelo Brasil em 2004.
Segundo a denúncia, subscrita pelo procurador Sílvio Luís Martins de Oliveira, Macedo e seus próximos montaram uma quadrilha para lavar dinheiro da Iurd, remetido ilegalmente do Brasil para os Estados Unidos por meio de uma casa de câmbio paulista, entre 1999 e 2005. O procurador sustenta que o dinheiro era obtido por meio de estelionato contra fiéis, iludidos com 'oferecimento de falsas promessas e ameaças de que o socorro espiritual e econômico somente alcançaria aqueles que se sacrificassem economicamente pela igreja'.
O estelionato contra os fiéis é o crime antecedente da lavagem de dinheiro que, segundo a procuradoria, ocorria por duas vias: remessas ao exterior pela Diskline Câmbio e operações comerciais e financeiras no Brasil usando a Cremo Empreendimentos Ltda como empresa de fachada.
'Agora eu vou saber os termos da acusação e vou poder apresentar defesa preliminar para mostrar as inconsistências da acusação, que não são poucas', declarou o criminalista Antônio Sérgio de Moraes Pitombo, que defende a Universal.
Ele disse que não teve acesso à cópia da denúncia nem da decisão judicial pela abertura da ação penal. Para Pitombo, o recebimento parcial da denúncia 'confirma que a acusação não tem nenhum cabimento'. O advogado ironizou. 'Se o estelionato era o crime antecedente de lavagem e não foi reconhecido pela Justiça, vamos ver o que vai sobrar.'

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A tal da herança maldita - CBN

A tal da herança maldita - CBN

TEMOS QUE FAZER ADUBO DESSE DEPUTADO DO RIO GRANDE DO SUL



Aprovada Lei que permite TORTURA de animais.

O
Deputado Edson Portilho, do Rio Grande do Sul, teve a desventura de 
criar um projeto de lei que permite que os animais sejam torturados e 
sacrificados em rituais religiosos. O parlamentar, sabendo que os 
protetores dos animais se manifestariam , fez a seguinte trama: marcou a
apresentação para votação da lei num dia de julho , mas fez um chamado 
urgente e marcou a reunião às pressas, mais cedo. Os únicos avisados 
foram os demais deputados. Ou seja, não havia defesa. Os animais não 
tiveram oportunidade de ter pessoas que os representassem . Quem poderia
responder por eles?

E aconteceu o que mais temíamos: houve 32 
votos contra os animais e apenas 2 a favor. Os animais agora poderão ter
olhos e dentes arrancados e cortados em vários pedaços para fazer o tal
Banho de Sangue. Os animais que não servem
mais para o ritual são mortos a sangue frio, conscientes e sem qualquer anestesia.

Por isso, vamos garantir que o Deputado nunca mais consiga se reeleger .
Divulgue , para que Edson Portilho não se eleja para mais nenhum tipo de cargo.



Se você é contra esse tipo de TORTURA ANIMAL... # REPASSEE

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

40 BILHÕES DE REAIS FORAM DESVIADO NOS 8 ANOS DO GOVERNO LULA. NINGUÉM FOI PRESO E O DINHEIRO NÃO FOI DEVOLVIDO. O GOVERNO ATUAL DISSE QUE PRECISA DE 45 BILHÕES PARA COLOCAR A SAÚDE FUNCIONANDO, MAS NÃO SABE COMO CONSEGUIR ESSA RECEITA ENTÃO O PT QUER MAIS UM IMPOSTO.  PORQUÊ NÃO RECOLHEM O DINHEIRO DESVIADO?

MAIS DINHEIRO PARA A CORRUPÇÃO


PT vai insistir na criação de imposto para saúde

Diário do Grande ABC - ‎há 45 minutos‎
No dia em a Câmara concluiu a votação da proposta que regulamenta os recursos para Saúde, o PT - partido da presidente Dilma Rousseff - deixou claro que vai trabalhar pela criação de um tributo para financiar o setor. Na votação hoje do projeto de lei ...
Público protesta contra corrupção e impunidade no centro do Rio
Organizado por meio do Facebook, protesto teve cartazes, palavras de ordem e pessoas usando nariz de palhaço; vassouras foram brandidas por parte do público.

Lista fechada é o caminho para a corrupção - CBN

Lista fechada é o caminho para a corrupção - CBN

Novo Código Florestal sofreu com 'demonização' excessiva - CBN

Novo Código Florestal sofreu com 'demonização' excessiva - CBN

Brasil precisa de uma reorganização dos gastos - CBN

Brasil precisa de uma reorganização dos gastos - CBN

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

POLÍCIA INFORMA



Polícia Federal informa:
Não desligue seu celular!
Bandidos mudaram a tática!
Tenha cuidado.
Deixe seu celular LIGADO.
Aquele
golpe que estavam dando na praça, dizendo que haviam seqüestrado um 
parente seu e exigindo resgate? Pois é, infelizmente ele foi remodelado,
adaptado, já que a imprensa nacional andou divulgando o método que era 
utilizado.
Agora, os criminosos ligam para você dizendo que seu celular foi clonado:
-
Alô, Fulano? Nós somos da (VIVO CLARO/OI /TIM) e estamos informando que
seu celular foi clonado. Você deve desligá-lo por 1 hora apenas, para
que possamos efetuar averiguações na linha do seu celular.
Você, 
acreditando na ótima prestação de serviço, desliga o celular por uma 
hora, afinal o pedido é somente para desligar o celular, 'que mal 
teria'?
Aí é que vem o perigo... Os bandidos durante esta hora 
ligam para sua casa e praticam o golpe do seqüestro, previamente 
preparado..
Quem atende o telefone na sua casa, liga rapidamente 
para o seu celular e ouve: 'Este celular está desligado ou fora da área 
de serviço'. Daí em diante é só pavor total, na família, nos amigos, no 
trabalho...
Portanto, muito cuidado.
Se ocorrer esse fato, MANTENHA SEU CELULAR LIGADO.
NÃO O DESLIGUE EM HIPÓTESE ALGUMA.
Para
a área técnica da operadora checar alguma coisa na sua linha não é 
necessário desligar o aparelho, portanto não há justificativa para 
desligá-lo. Ao contrário, entre imediatamente em contato com as pessoas 
mais próximas à você (familiares, amigos, colegas de trabalho) e os 
alerte do fato.
Após isso, entre em contato com a Polícia (ligue 190 e/ou vá à Delegacia de Polícia mais próxima).
Esse aviso é sério.
REPASSE ESSA INFORMAÇÃO.

MAIS UM PILANTRA PARA DESMATAR

Queridos amigos da América Latina, 



Em alguns dias, o governo da Bolívia poderá aprovar a construção de uma gigantesca rodovia que atravessará um parque nacional protegido e território indígena acelerando assim a exploração da Amazônia, cada vez mais ameaçada pela especulação e desenvolvimento descontrolado. Entretanto, os bolivianos estão lutando contra isso e nós podemos ajudá-los a ganhar essa causa! Assine a petição para impedir a construção dessa desastrosa estrada: 

Sign the petition
Em apenas alguns dias, o governo da Bolívia poderá dar o sinal verde para a construção de uma gigantesca estrada ilegal que passará por uma área protegida da floresta amazônica -- mas os bolivianos estão lutando contra isso e nós podemos ajudá-los a ganhar essa causa!

O presidente Evo Morales está permitindo que empresas estrangeiras repartam a Amazônia -- cortando árvores, explorando minérios e desenvolvendo a agricultura em grande escala no fértil solo da Amazônia. Morales está a ponto de aprovar a construção de uma estrada enorme que iria alimentar ainda mais esse ataque à floresta mais importante do mundo, mesmo tendo que violar suas próprias leis para fazer isso acontecer. Mas agora que as últimas permissões estão sendo avaliadas, as vozes dos cidadãos estão pedindo que o governo busque rotas alternativas para a estrada -- e Morales está começando a sentir a pressão. 

Cerca de dois mil indígenas e suas famílias saíram em uma marcha de 600km e estão apelando para que a nossa comunidade se junte a eles. Clique abaixo para assinar a urgente petição para impedir a construção da estrada e envie essa mensagem para todos. Entregaremos a petição junto com nossos amigos indígenas no final da marcha em La Paz e diretamente ao gabinete do presidente: 

http://www.avaaz.org/po/save_tipnis/?vl

O Território Indígena e Parque Nacional Isiboro Sécure, mais conhecido como TIPNIS, é a jóia preciosa da Amazônia boliviana, famosa por suas árvores enormes, surpreendente vida animal e suas reservas de água fresca. Seu incrível significado natural e cultural mereceram o status de área duplamente protegida -- como parque nacional e como reserva indígena. Sendo assim, segundo a lei boliviana e internacional, os líderes indígenas são as autoridades locais dessa terra e têm o direito de serem consultados. Entretanto, Morales tem evitado abrir um processo de consulta apropriado ignorando completamente a oposição dos indígenas em relação à construção da estrada dentro da reserva. Ao mesmo tempo, alega falsamente que a estrada seria para o próprio benefício de tais comunidades. 

O governo boliviano não fez nenhum estudo de rotas alternativas para essa destruidora estrada. Ao invés disso, Evo insistiu na aprovação da construção, infringindo a lei, fazendo empréstimos pesados do Brasil, e colocando em perigo a sobrevivência da sua própria população. Tudo isso para abrir uma estrada que servirá para futuras explorações minerais e petrólíferas, além de negócios de grande escala nas áreas industriais e de agricultura. O governo tem ridicularizado aqueles que se opõem a uma estreita faixa de asfalto, insistindo que é necessário conectar o resto do país à densa selva. Mas a estrada é apenas o começo da destruição -- será uma artéria envenenada designada para sugar o vivo sangue da Amazônia e de seu povo. 

Por trás do discurso de desenvolvimento, a estrada servirá para a queima e exploração ilegal de madeira, crescimento de plantações de coca e fomentará a exploração de petróleo que já asfixia TIPNIS. Um estudo recente diz que 64% do parque poderá ser desflorestado até 2030 se a estrada for construída

Depois de anos de crítica a este projeto, a pressão está chegando no seu limite com a marcha dos indígenas e dos cidadãos, e ex-ministros do governo argumentando contra o projeto. Até Alberto Acosta, um renomado líder político do Equador, já pediu a Morales que pare com a construção. Vamos juntar nossas vozes em nome da proteção da Amazônia e o respeito às comunidade indígenas -- assine essa petição urgente para impedir a construção ilegal da estrada e peça para a Bolívia encontrar alternativas criativas e seguras para promover o crescimento econômico e a integração regional: 

http://www.avaaz.org/po/save_tipnis/?vl

Repetidamente, a proteção da terra, da qual todos nós dependemos, e os direitos dos povos indígenas são sacrificados por nossos governos em nome do desenvolvimento e crescimento econômico. Nossos líderes escolhem a mineração e desflorestamento ao invés da nossa própria sobrevivência -- frequentemente beneficiando empresas estrangeiras. No futuro que todos nós queremos, o meio ambiente e a vida de pessoas inocentes estão em primeiro lugar. O Presidente Evo Morales tem a chance agora de apoiar seu povo, salvar a Amazônia e repensar como deve ser o verdadeiro desenvolvimento na América Latina. 

Com esperança, 

Luis, Laura, Emma, Ricken, David, Diego, Caroline, Shibayan, e o restante da equipe da Avaaz

Mais informações:

Indígenas bolivianos endurecem protesto contra rodovia (O Estado de S.Paulo)
http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,indigenas-bolivianos-endurecem-protesto-contra-rodovia,762127,0.htm

Na Bolívia, grupo pró-Morales ameaça marcha indígena contra estrada (Folha de S. Paulo)http://www1.folha.uol.com.br/mundo/969094-na-bolivia-grupo-pro-morales-ameaca-marcha-indigena-contra-estrada.shtml

Índios marcham em protesto contra Evo Morales na Bolívia (O Globo)
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2011/08/18/indios-marcham-em-protesto-contra-evo-morales-na-bolivia-925158298.asp

A rodovia da discórdia (O Estado de S.Paulo) 
http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,a-rodovia-da-discordia,758331,0.htm 


Apoie a comunidade da Avaaz!
Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas:Dona Agora

quarta-feira, 14 de setembro de 2011


http://www.greenpeace-comunicacao.org.br/email/cyberativismo/ciber_14-09-2011.html

Filie-se
Pare Angra 3
Olá, ciberativista
Amanhã, o Greenpeace comemora 40 anos de vida. Foi no dia 15 de setembro de 1971 que um pequeno grupo de pessoas zarpou de Vancouver, no Canadá, numa traineira caindo aos pedaços e com uma ideia maluca na cabeça: impedir que os militares americanos detonassem uma bomba nuclear para testes na ilha de Amtchika, arquipélago das Aleutas, no Alaska.
O barco afundou antes de chegar ao seu destino. E o grupo atrapalhou, mas não impediu o teste. O aparente fracasso, no entanto, lançou a semente do que veio a ser a principal organização de defesa do meio ambiente do mundo. O segredo desse sucesso foi o elo que essa viagem de nascimento do Greenpeace estabeleceu entre seus ativistas e milhares de pessoas dispostas a apoiar suas iniciativas em favor da natureza.
É graças a esse elo que o Greenpeace nasceu e cresceu. E é por causa dele que a organização continua mais viva do que nunca. Hoje, o Greenpeace opera com escritórios em 40 países, e suas ações têm o apoio de 11,6 milhões de ciberativistas e quase 3 milhões de doadores espalhados pelo mundo. Por tudo isso, nesse aniversário, você também merece os parabéns.
Afinal de contas, sem sua participação, teria sido impossível completar os primeiros 40 anos dessa jornada. É com ela também que conseguiremos seguir em frente pelas próximas quatro décadas. E se você quiser dar um presente para o Greenpeace nessa data, é muito simples. Clique e assine a petição para manter a exploração petrolífera longe de uma das maiores jóias de biodiversidade do litoral brasileiro, os recifes de corais dos Abrolhos, na Bahia.
Veja o vídeo de 40 anos do Greenpeace, hoje exclusivo para ciberativistas.
Marcelo Furtado

Abraços,
Marcelo Furtado
Diretor Executivo
Greenpeace Brasil

Greenpeace online:

Ajude o Greenpeace a proteger as florestas
Junte-se a nós
Recebeu este e-mail de alguém?

» Torne-se um ciberativista também
» Encaminhe esse e-mail para um(a) amigo(a)

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail ciberativismo@greenpeace.org.br ao seu catálogo de endereços.

A Greenpeace respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição aqui.